Após prisão, Diego Alemão deve continuar tratamento no Estados Unidos: ‘Difícil’

apos-prisao,-diego-alemao-deve-continuar-tratamento-no-estados-unidos:-‘dificil’

Diego Alemão contou nas redes sociais que deixou a clínica psiquiátrica onde estava internado no Brasil e viajou para o Estados Unidos. O influenciador está na califórnia acompanhado do advogado Jeffrey Chiquini e vai passar por um tratamento de desintoxicação e contra a dependência química.

“Primeiramente, meu pedido de desculpas à família, aos amigos e principalmente à imprensa. Graças a Deus, à família e aos amigos, estou bem. Momentos difíceis ficaram para trás. Após liberação e orientação médica, vim para os EUA, em companhia do meu amigo e advogado Jeffrey, iniciar na segunda-feira próxima um acompanhamento mais prazeroso e um detox mais completo aqui na Califa”, disse Alemão nas redes sociais.

“Chego a um novo mundo, com coragem, cuidado e esperança. Dias melhores estão por vir. Agradeço aos meus fãs pela compreensão, carinho e apoio neste momento difícil. Amo vocês”, completou ele.

O influenciador se internou espontaneamente em uma clínica de reabilitação no começo de setembro. Cerca de dez dias depois, ele foi transferido para uma clínica psiquiátrica e o advogado do empresário declarou que o estado de saúde do amigo e cliente era “bem grave”.

A internação de Alemão aconteceu após ele ser preso no Rio de Janeiro por porte ilegal de arma. O influenciador foi solto após pagar a fiança de R$ 4.000 e, na saída da delegacia, ofendeu a imprensa que estava no local e comentou o atropelamento de Kayky Brito, testemunhado por Bruno De Luca.

“Por que vocês, um bando de urubu, estão aqui e não estão na frente do [Bruno] De Luca, que deixou a porra do meu melhor amigo [Kayky Brito] com a cabeça no chão?”, perguntou ele aos jornalistas presentes.

O post Após prisão, Diego Alemão deve continuar tratamento no Estados Unidos: ‘Difícil’ apareceu primeiro em TOP FAMOSOS.